MBA em Gestão de Áreas Contaminadas, Desenvolvimento Urbano Sustentável e Revitalização de Brownfields.

Diferencial

Por que muitos processos de remediação não atingem as metas determinadas?

Muitos projetos não têm atingido as metas de remediação por terem falhas na investigação durante o processo de aquisição de dados, o que ocasiona um alto nível de incerteza na qualidade e quantidade de informações obtidas. Em conseqüência, os modelos conceituais apresentam deficiências, sendo pouco desenvolvidos, podendo resultar no insucesso do processo de remediação.

Para que um processo de remediação atinja as suas metas é fundamental uma investigação bem executada com aquisição de dados em quantidade adequada (alta resolução) para possibilitar a construção de um modelo conceitual robusto e de baixa incerteza sobre a área. Somente dessa maneira é possível conhecer as características geológicas e hidrogeológicas da área, estabelecer o fluxo de contaminantes e delimitar com precisão a fonte da contaminação, além de conhecer os bens a proteger, permitindo o sucesso do processo de remediação e revitalização de brownfields.

O diferencial deste curso está justamente em reconhecer e abordar de forma muito atual estas questões cruciais para o sucesso da gestão, remediação e revitalização de brownfields. Entre os itens abordados temos: geoestatística aplicada a dados ambientais, investigação em alta resolução e tempo real, avaliação ecotoxicológica, modelo conceitual e modelo matemático de fluxo de água subterrânea e transporte de poluentes em meios porosos, mapeamento de áreas contaminadas para expansão urbana; plano diretor estratégico e ações ambientais no solo urbano; identificação de alternativas para o desenvolvimento econômico dos brownfields; identificação e o papel dos stakeholders envolvidos no processo de revitalização, formas de gestão e comunicação na revitalização de brownfields.

Desta maneira, formaremos profissionais com amplo conhecimento e aptos a empregar os mais modernos e eficientes métodos sobre os temas relacionados à Gestão de Áreas Contaminadas, Desenvolvimento Urbano Sustentável e Revitalização de Brownfields.